sexta-feira, 4 de novembro de 2011


É a vida que segue sem sentido 
É o coração que bate sem motivo 
É o pulmão que ainda se enche de ar
É morrer apesar de respirar.

Nina Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário