segunda-feira, 18 de junho de 2012

Texto de Thiago Tavares

Olá pessoal! Essa semana rolou uma promoção muito legal no blog da Editora Modo. Tinhamos que escrever um recado dando apoio ao autor nacional. Logico que vários dos recados eram maravilhosos, mas um em especial chamou minha atenção. Não foi o recado ganhador, mas gostei muito.



"Querido escritor brasileiro.
Escrevo esta carta para saber como tem passado. Como vai a criatividade? E suas obras, vendendo bem? Bom, de minha parte, confesso que seu país só tem me dado alegrias. Por aí, os meus títulos estão vendendo tal qual água e ficou ainda melhor depois do filme que lançaram aqui em Hollywood inspirado em uma das minhas obras publicadas. Estou felicíssimo, contudo, recentemente fui apanhado de surpresa por algumas entrevistas de escritores brasileiros que vi, na internet, relatando uma grande dificuldade de aceitação de seus livros no mercado. Fiquei preocupado com você e mais por isso decidi escrever. Espero que não esteja enfrentando esse tipo de problema, mas caso esteja, pensei numa solução. Que tal mudar seu nome de João para Steven e vir morar aqui nos EUA? Sei que parece uma ideia meio maluca, mas pense bem... você será como um escritor estrangeiro e com isso suas chances de dar certo serão muito maiores. Pense nisso e me responda assim que possível! Ficarei no aguardo. 
Um grande abraço de seu querido amigo best seller ESTRANGEIRO.


Bom pessoal, obviamente este texto é somente uma brincadeira que resolvi montar, todavia, vale apontar que apesar de se tratar de uma sucinta carta fictícia, ainda assim ela faz saltar aos olhos um verdadeiro e talvez um dos maiores desafios de boa parcela dos escritores nacionais que é a luta para conseguir reconhecimento. A caminhada não é fácil e muitas vezes o retorno financeiro não se compara ao trabalho despendido ao longo de páginas e mais páginas. Entretanto, como escritor que sou, sei bem que não se trata de dinheiro, mas sim de reconhecimento pelo amor depositado em cada parágrafo, cada frase e cada palavra. Deixo por fim a todos os escritores brasileiros uma frase que certa vez fiz e que hoje carrego como um mantra em minha mente: “Obstinado é o homem que triunfa na batalha diária contra as próprias limitações sem nunca desistir de seus sonhos e metas.” (Thiago Tavares)"

Beijos de La Fleur dy Lis

8 comentários:

  1. Eu adorei o texto do Thiago, e na minha humilde opinião acho que o merecedor de primeiro lugar era ele, não querendo desmerecer quem ganhou, porque o texto vencedor foi muito bom também, mas o do Thiago matou a pau!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Ananda, eu não vou negar que gostaria de ter ganhado o kit, afinal que não gostaria, não é verdade? rs. Infelizmente não foi dessa vez... de qualquer modo, obrigado pelas palavras.
      Abrçs.

      Excluir
  2. Nossa é um texto muito expressivo, pra se pensar.... Parabéns!

    Beijos
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Um baita texto para refletir, FATO

    ResponderExcluir