quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Academia de Vampiros - Promessa de Sangue

Rose partiu em busca de cumprir sua promessa...matar Dimitri. Com isso ela cruza o oceano e vai parar na cidade natal dele. Apos deixar um enorme traço de strigois pelas cidades, Rose esbarra com Sidney, uma alquimista. Através do laço, Rose percebe que as sombras estão se apoderando de Lissa, mas apesar da preocupação ela ainda não pode voltar.
Inesperadamente ela encontra mais um usuário do espirito e um beijado pelas sombras. o que da a ela informações importantes.
Apos deixar novamente pessoas especiais para traz, Rose finalmente encontra Dimitri. Será possível matar o amor de sua vida? Pior, será possível fazer isso e não morrer junto? Para piorar essa decisão, Lissa está em perigo mais uma vez e só Rose sabe a origem desse novo perigo.
Rose faz uma importante descoberta sobre o espirito, os strigois e sobre seu pai. E talvez Adrian não seja tão chato assim.

O livro está ótimo. A jornada de Rose é cheia de surpresas e infelizmente de muita dor. Ela ainda não superou a "morte" de Dimitri e o fato de ter deixado Lissa para traz. Apesar da distância, o relacionamento das duas evolui e para surpresa de Rose, o dela com sua mãe também.
Terminei esse livro ansiando pela continuação, pois Promessa de Sangue termina com algumas revelações.

Espero que tenham gostado e aguardo as opiniões. Beijos de La Fleur dy Lis!!!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Clube de Vênus

Olá meus amores! Estou sumida aqui do blog né? Minha gestação esta no final e isso tem dificultado um pouco as coisas. Apesar da demora, vim hoje trazer para vocês a capa de Clube de Vênus!


E para deixar aquele gostinho de quero mais, lá vai um trechinho do livro. Lembrando que o livro é PARA MAIORES DE 18 ANOS.

"Ele não demorou a tocá-la, e quando a atingiu, percebeu o quão molhada estava. Ele próprio não conseguiu conter o fôlego quando ela arqueou um pouco o quadril para que ele pudesse encaixar a mão completamente junto à sua vagina. Tom deslizou o dedo maior pelos pequenos lábios, sentindo sua lubrificação natural facilitar o percurso. Roçou seu clitóris algumas vezes, sempre com o olhar fixo na paciente e em suas reações, e ela não desviou o olhar de prazer nem por um segundo do dele, nem mesmo no momento em que Tom decidiu desvendar os mistérios que ela escondia e enfiou o mesmo dedo dentro dela, penetrando-a como se seu próprio pênis estivesse a fazer a tarefa.
A paciente arqueou para cima, depois contraiu a vagina, aumentando o prazer daquele ato. Tom retirou o dedo completamente para então enfiar mais uma vez, e por um instante largou um sorriso deslumbrado ao ver que ela estava gostando. Estava tão úmida que lubrificaria ele inteiro, e Tom desejou penetrá-la de verdade. Sentiu uma ereção surgir, espremendo-se contra sua calça, mas não queria parar o que estava a fazer. A mulher contorceu-se sobre a mão de Tom, adentrando-a com tanto ímpeto e gemeu entre um aperto e outro de lábios. Levou a mão à gravata dele e puxou-a com força, trazendo-o para mais perto de si:
― Vai aliviar minha tensão, Doc? ― Ela praticamente sussurrou para ele, a voz rouca e embargada sendo o maior ativo sexy que Tom poderia imaginar existir."

Vários quotes são postados ao longo da semana lá na pagina do Fleur dy Lis. É só curtir e acompanhar :)
Aguardo as opiniões sobre a capa e o trecho. 
Beijos de La Fleur dy Lis!