segunda-feira, 14 de setembro de 2015

O Que Eu Quero Para Mim - Lycia Barros

Sinopse: Alice trabalha no ramo de leilões imobiliário. É muito bem sucedida profissionalmente e também esta muito também na parte amorosa. Ao menos era assim que as coisas estavam até que Casseano decidiu que era hora de dar mais um passo nesse relacionamento. O sonho de qualquer mulher! Menos o de Alice. Diante disso, quando Casseano insiste na questão eles brigam e acabam rompendo. Como se isso não bastasse, Alice tem um problema no trabalho e sua sócia a obriga a tirar férias para que ela cuide mais de si mesmo, pois sua saúde também não anda bem. Apesar de não gostar da ideia, Alice resolve ir a Londres visitar uma amiga. E é nesse maravilhoso cenário que as maiores descobertas acontecem.

Ual! Sim, isso foi o que eu disse assim que terminei de ler. O que eu quero para mim fala sobre amor e perdão em vários aspectos. Lycia Barros nós faz perceber que é preciso estar disposto a dar novas chances quando realmente se ama alguém e o que as vezes é preciso pensar bem e analisar o que realmente se sente e se quer antes de dar fim as coisas, pois você pode se arrepender e pode ser tarde demais.

Agora vamos falar dos personagens. Estou apaixonada por Eamon! Sei que a maioria vai cair de amores por Casseano, o que é compreensível já que ele é lindo, romântico e um verdadeiro doce, mas o jeito bruto-apaixonado de Eamon foi que me ganhou. A descrição física dele também é de arrancar longos suspiros!

E o que é o fofo do Pietro? Lycia descreve as coisas de forma tão clara que eu ate pude visualizar Pietro, que tem apenas 2 anos, chorando desesperado pelo pai ( deu pena ) e querendo entrar no lago.

Luana é uma figura! Figura essa que eu quis estapear o livro quase todo. Pude compreendê-la, mais ainda assim quis estapeá-la. Confesso que depois fiquei pensando nas Luanas que conheço e nas que não conheço. Sem duvida há varias Luanas pelo mundo e em consequência vários Pietros.

Camila é aquela amiga-mãe que pega no nosso pé quando precisa e quando não precisa também rsrsr.

Por fim, Alice. Forte, determinada, teimosa, autossuficiente. Ao menos é assim que vemos Alice no inicio do livro. À medida que as coisas acontecem vemos uma Alice frágil e precisando do mesmo cuidado que ela tem com os outros.

Como eu disse antes, O que eu quero para mim trata-se de amor e perdão, inclusive o amor próprio e o perdão que devemos dar a nos mesmo diante das escolhas que fazemos e das que não fazemos.

Casseano corria pela praia do Leblon, absorvido em sua solidão. O céu, com o amanhecer, apresentava varias tonalidades alaranjadas. Mas no seu interior só havia o vermelho. Um vermelho violento. Desde que vira a foto de Alice beijando aquele cara, não conseguira dormir direito...

Alice sentiu uma ardência passageira nos olhos e ainda divagava sobre isso quando sentiu o toque quente da mão de Eamon em seu braço. Olhou para ele, que a fitava com um sorriso gentil, indicando que já era hora de voltarem para a estrada.”

Pagina da Autora: Livros Lycia Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário